Samba do Sino

A Roda surge da necessidade em manter acesa a chama da Cultura Popular Brasileira, trazendo a tona histórias que são cantadas através de sambas tradicionais de todo o território nacional, da velha guarda aos novos compositores, pois o Samba Presente Não Esquece o Passado, deixando prevalecer o sotaque do samba paulista, do rural ao urbano. O Sino surge devido à dificuldade em encerrar o Samba às 22h, pois é realizado em bairro residencial. Surge a idéia de se utilizar um sino para indicar o final do samba. Ai começaram a dizer: –“Vamos naquele samba, aquele que o cara toca o Sino...” Assim acaba-se adotando o nome Samba do Sino. Houve a aceitação e respeito geral e assim se conveniou tocar o Sino para começar e para terminar o Samba.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Carnaval 2012 - São Paulo - Águia de Ouro


Desfile Grupo Especial Carnaval São Paulo 2012 - Sexta-Feira, 18 de fevereiro. 

Sábado, 18 de fevereiro
Local:- Sambódromo Anhembi
01:45 horas - Águia de Ouro

Tropicália! Da Paz e do Amor! O Movimento que não acabou...

Com o tropicalismo como fio condutor do enredo para este carnaval, a Águia de Ouro deve contar com a presença de Gilberto Gil, Caetano Veloso e Tom Zé para retratar a cena artística nacional do fim da década de 1960. A escola azul e branco da Pompeia promete um desfile bem colorido no Sambódromo paulista na semana que vem, com outros nomes da música, como Rita Lee, Cauby Peixoto, Wanderléa, Ângela Maria, Roberta Miranda, Simoninha, com direito a homenagens ao saudoso Chacrinha.

Gil e Caetano já pegaram suas fantasias, revela o carnavalesco Cláudio Cavalcante, o Cebola. A cantora Rita Lee esteve no barracão da escola na tarde desta sexta-feira e saiu de lá entusiasma. Wanderléa se emocionou quando viu o carro alegórico que vai homenagear Chacrinha, conta Cebola.

O cineasta Fernando Meirelles, co-produtor do filme “Tropicália”, virá no carro alegórico "Caldeirão Cultural". Numa grua, com 12 metros de altura, ele estará com uma câmera, na parte traseira do carro. Numa tela, o público verá em tempo real as imagens feitas por Meirelles. "Para nós é uma honra ter o Meirelles, que vai desfilar fazendo o que ele mais gosta, com uma câmera na mão", detalha o carnavalesco.

Mas vai ser no abre-alas que um telão de LED exibirá um trecho do filme "Tropicália", com estreia prevista para abril.

Os festivais da MPB serão homenageados com um carro que é um grande violão, com 30 metros de comprimento. "Eu não nasci na época do movimento tropicalista, mas li muito e me encantei porque foi algo que mudou o cenário do Brasil. Precisamos de novas tropicálias no país. Queria um carnaval colorido e mergulhei neste tema. Vamos reviver no século 21 um movimento da década de 60", comenta o carnavalesco.

A bateria fará um tributo ao Festival de Woodstock e os ritmistas virão vestidos como o guitarrista Jimi Hendrix, com direito a peruca.


Vídeo:


Tropicália da paz e do amor! O movimento que não acabou
Autores: Jairo, Fernando Sales, Tadeu e Rodrigues

Águia de Ouro eterna paixão
O tesouro que guardo no meu coração
No swing da Pompéia eu vou
Na Tropicália da paz e do amor

Brasil, oh pátria amada
Terra abençoada de encantos mil
Sua natureza é divinal
Paraíso de beleza Tropical
A Beira Mar a Bossa Nova Nasceu
Guitarras a tocar, como inspiração
Pra jovem guarda e o rock em apogeu (apogeu)
Com Caetano e Gil, a Tropicália Surgiu
Em liberdade de expressão
“Caminhando contra o Vento”
Ao novo tempo sem repressão

No ar, ecoam notas musicais
Pra eternizar, grandes festivais
E os talentos, o povo consagrou
E a  musica embalou

Sucesso no cinema
Terra em transe na tela
A arte a moda em poema
No teatro, “o rei da vela”
Bate tambor no iê iê iê pro povo balançar
O caldeirão a ferver de cultura popular
A nave louca partiu a dor foi demais
Na luta os seus ideais (Ideais)
Mas, Chacrinha tropicalista imortal
Recebe os novos baianos no Planeta Carnaval

Tia Ciata - "A Mãe do Samba"

"TIA CIATA", MÃE DO SAMBA...

" O samba é o mais belo documento da vida e da alma do povo brasileiro". (Rosane Volpatto-extraído do Texto SAMBA, SABOR DO BRASIL) Um grande abraço ao nosso patrono PAULINHO DA VIOLA. (Veja mais na página História do Samba)
-------x-------

Pelo Fim da Ordem dos Músicos do Brasil !

Abaixo-Assinado Eletrônico pelo direito ao livre exercício da profissão de músico:

Participe você também, leia matérias neste blog.

Para assinar eletrônicamente:

http://www.carlosgiannazi.com.br/fale_conosco/abaixo-assinado-omb.htm

Paulinho da Viola- Entrevistado pelo programa Memória do Rádio

PAULINHO DA VIOLA - O Nosso Patrono

O Verso "Quando penso no futuro não esqueço meu passado" é creditado por Paulinho da Viola, em "Meu tempo é hoje", como sintese de sua obra, de sua vida. Recolhido de sua "Dança da Solidão"(72). (Pedro Alexandre Sanches - Folh aOn Line - 11/04/2003)

"Eu não costumo brigar com o tempo" afirma Paulinho da Viola (em 09/12/2004 - Folha On line)

"A música de Paulinho da Viola representa um universo particular dentro da cultura brasileira. Experimentá-la é reconhecer que a identidade cultural brasileira não é única, há sempre algo mais." (extraído do site de Paulinho da Viola)

A Obra de Paulinho da Viola já foi tema de livros, trabalhos acadêmicos, gravações e documentário. Em fase de finalizações, se encontra um Documentário realizado pela VideoFilmes com direção de Isabel Jaguaribe e roteiro de Zuenir Ventura. (Confira mais na página - PAULINHO DA VIOLA - Vídeos e muito mais)

-------x-------

AGENDA CULTURAL DA PERIFERIA

A Ação Educativa é uma organização não governamental sem fins lucrativos que desenvolve a apóia projetos voltados para a educação e juventude, por meio de pesquisas, formação, assessoria e produção de informações. Mantém em sua sede o espaço de Cultura e Mobilização Social, aberto ao público, que promove regularmente atividades de formação, intercâmbio e difusão cultural. Vale a pena acessar : http://www.acaoeducativa.org.br/

Confira As Comunidades de SAMBA divulgadas.
-------x-------

Samba do Sino comemora primeiro ano na noite de 15/12/2009 com história do samba

O Movimento Cultural Samba do Sino comemerou 01 ano de vida no último dia 15/12/2009, e presenteia os moradores da cidade com histórias que contam a evolução do samba no Brasil. A proposta nasceu com a idéia de resgatar esse pedaço da cultura popular. (Vanessa Coelho - Guarulhos Web 15/12/2009)