Samba do Sino

A Roda surge da necessidade em manter acesa a chama da Cultura Popular Brasileira, trazendo a tona histórias que são cantadas através de sambas tradicionais de todo o território nacional, da velha guarda aos novos compositores, pois o Samba Presente Não Esquece o Passado, deixando prevalecer o sotaque do samba paulista, do rural ao urbano. O Sino surge devido à dificuldade em encerrar o Samba às 22h, pois é realizado em bairro residencial. Surge a idéia de se utilizar um sino para indicar o final do samba. Ai começaram a dizer: –“Vamos naquele samba, aquele que o cara toca o Sino...” Assim acaba-se adotando o nome Samba do Sino. Houve a aceitação e respeito geral e assim se conveniou tocar o Sino para começar e para terminar o Samba.

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Dia Nacional do Samba 2012 Sesc celebra com o show “Damas do Samba”


No dia 1º de dezembro, sábado, às 18h, o Sesc São José dos Campos realiza o show “Damas do Samba”, que apresenta quatro cantoras de estilos diferentes interpretando clássicos do samba, partido alto e marchinhas.

No palco, as intérpretes:

Graça Braga - intérprete e compositora administra o Bar “Você Vai Se Quiser”, uma casa de samba conceituada em São Paulo, lançou seu 1º CD “Eu sou Brasil” com músicas autorais em 2007, com este CD recebeu, em 2009, o Troféu Catavento pela Rádio Cultura elegendo a melhor produção independente de samba e melhor música “Dona do Samba” (Graça Braga/Paqüera). Em 2011 foi convidada pela Lua Music para gravar o 2º CD “Dia de Graça” – Samba de Candeia, o CD e o show de lançamento contaram com a presença de Leci Brandão. Graça Braga participa de vários projetos musicais em São Paulo, além dos CDs: “100 anos de Adoniran Barbosa” – 2010, “100 anos de Nelson Cavaquinho” – 2011, “100 anos de Herivelto Martins” – 2012, todos pela gravadora Lua Music.

Tereza Gama – despertou para a música ao participar e vencer um concurso de calouros em São Paulo, interpretando a música “Filme Triste”, do Trio Esperança. Sua carreira começou no final dos anos 1980, quando, junto ao marido Clóvis, passou a cantar em rodas de samba nos bares de Sampa, onde foi descoberta pelo cantor e compositor Marco Matolli, tornando-se vocalista do “Clube do Balanço”. Seu primeiro álbum solo saiu em 2004, “Aos Mestres com Carinho”, no qual faz uma homenagem aos “bambas” do partido alto, como Candeia, Aniceto do Império, Wilson Moreira e Nei Lopes.

Grazzi Brasil - fez turnê musical no Japão em 2011, como corista participou de shows memoráveis como: “Candeia – Luz da Inspiração” no Sesc Pinheiros, “Damas do Samba” no Sesc Vila Mariana, “Dia de Graça  – Samba de Candeia” no Sesc Pompeia, depois foi convidada para fazer interpretações solo em shows como:  “Tributo Jovelina Pérola Negra” com a Comunidade Maria Cursi, “Berço do Samba de São Mateus apresenta Samba Virada à Paulista” no Sesc Santana, “Dia Internacional de Luta Contra Discriminação Racial” no CEU Caminho do Mar, “Samba Virado à Paulista” no Sesc Itaquera, trabalha com shows formatados como: “Só Sambas de Chico” apresentado em unidades do Sesc e teatros de São Paulo, foi escolhida para participar do Palco Elis Regina para cantar na Virada Cultural São Paulo 2012, lançou seu 1º CD “Grazzi Brasil nas cordas de um cavaquinho” em 2012, aprovado pela Secretaria da Cultura.

Priscila Amorim - participou de shows memoráveis com personalidades do meio musical, como: Carmem Queiroz, Oswaldinho da Cuíca, Adriana Moreira, Alessandro Penezzi, apresenta-se na noite paulistana cantando samba raiz onde já recebeu Teresa Cristina, Adriana Moreira e Teresa Gama, além disto, já abriu shows para Monarco da Portela, pelo Circuito Original em 2007. Em 2009, fez uma temporada de shows no Bar Brahma, depois participou do carnaval paulista, compondo o coro, cantando samba enredo na G.R.E.S. Pérola Negra no Anhembi e em projetos “Quartas Musicais” no Boteco Seu Zé, onde se apresentou por quatro anos com sucesso de público, cantando ao lado de Aloísio Machado, Dona Ivone Lara e Tia Surica. Realizou um show solo “Sambas, enredos e marchas” no Sesc Presidente Prudente, e depois participou do Projeto “Samba Virado à Paulista” (show em homenagem aos maiores compositores/intérpretes que ajudaram a consagrar o estilo paulista de samba), ao lado de Graça Braga, Verônica Ferriani, Grazzi Brasil, Milena e Célia no Sesc Santana e depois no Sesc Itaquera.

O show acontece no Solário do Sesc, com entrada franca. Recomendação etária 12 anos.

O que:- Damas do Samba
Quando:- Data: Dia 1º/12, sábado, às 18h
Onde:- SESC São José dos Campos
Endereço: Av. Adhemar de Barros, 999 – Jd. São Dimas - Solário
Entrada:- Grátis
Recomendação etária 12 anos
*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Fonte: Assessoria de Imprensa/SESC

Tia Ciata - "A Mãe do Samba"

"TIA CIATA", MÃE DO SAMBA...

" O samba é o mais belo documento da vida e da alma do povo brasileiro". (Rosane Volpatto-extraído do Texto SAMBA, SABOR DO BRASIL) Um grande abraço ao nosso patrono PAULINHO DA VIOLA. (Veja mais na página História do Samba)
-------x-------

Pelo Fim da Ordem dos Músicos do Brasil !

Abaixo-Assinado Eletrônico pelo direito ao livre exercício da profissão de músico:

Participe você também, leia matérias neste blog.

Para assinar eletrônicamente:

http://www.carlosgiannazi.com.br/fale_conosco/abaixo-assinado-omb.htm

Paulinho da Viola- Entrevistado pelo programa Memória do Rádio

PAULINHO DA VIOLA - O Nosso Patrono

O Verso "Quando penso no futuro não esqueço meu passado" é creditado por Paulinho da Viola, em "Meu tempo é hoje", como sintese de sua obra, de sua vida. Recolhido de sua "Dança da Solidão"(72). (Pedro Alexandre Sanches - Folh aOn Line - 11/04/2003)

"Eu não costumo brigar com o tempo" afirma Paulinho da Viola (em 09/12/2004 - Folha On line)

"A música de Paulinho da Viola representa um universo particular dentro da cultura brasileira. Experimentá-la é reconhecer que a identidade cultural brasileira não é única, há sempre algo mais." (extraído do site de Paulinho da Viola)

A Obra de Paulinho da Viola já foi tema de livros, trabalhos acadêmicos, gravações e documentário. Em fase de finalizações, se encontra um Documentário realizado pela VideoFilmes com direção de Isabel Jaguaribe e roteiro de Zuenir Ventura. (Confira mais na página - PAULINHO DA VIOLA - Vídeos e muito mais)

-------x-------

AGENDA CULTURAL DA PERIFERIA

A Ação Educativa é uma organização não governamental sem fins lucrativos que desenvolve a apóia projetos voltados para a educação e juventude, por meio de pesquisas, formação, assessoria e produção de informações. Mantém em sua sede o espaço de Cultura e Mobilização Social, aberto ao público, que promove regularmente atividades de formação, intercâmbio e difusão cultural. Vale a pena acessar : http://www.acaoeducativa.org.br/

Confira As Comunidades de SAMBA divulgadas.
-------x-------

Samba do Sino comemora primeiro ano na noite de 15/12/2009 com história do samba

O Movimento Cultural Samba do Sino comemerou 01 ano de vida no último dia 15/12/2009, e presenteia os moradores da cidade com histórias que contam a evolução do samba no Brasil. A proposta nasceu com a idéia de resgatar esse pedaço da cultura popular. (Vanessa Coelho - Guarulhos Web 15/12/2009)