Samba do Sino

A Roda surge da necessidade em manter acesa a chama da Cultura Popular Brasileira, trazendo a tona histórias que são cantadas através de sambas tradicionais de todo o território nacional, da velha guarda aos novos compositores, pois o Samba Presente Não Esquece o Passado, deixando prevalecer o sotaque do samba paulista, do rural ao urbano. O Sino surge devido à dificuldade em encerrar o Samba às 22h, pois é realizado em bairro residencial. Surge a idéia de se utilizar um sino para indicar o final do samba. Ai começaram a dizer: –“Vamos naquele samba, aquele que o cara toca o Sino...” Assim acaba-se adotando o nome Samba do Sino. Houve a aceitação e respeito geral e assim se conveniou tocar o Sino para começar e para terminar o Samba.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

CARNAVAL 2015 SP - Sexta Feira Tom Maior 1h35


Adrenalina 

Letra de: André Ricardo, Biel, Carlos Dorea, Marquinhos, Douglas Chocolate, Xande Wenner, Rafa do Cavaco, Imperial, Tião, Lucas Donato, Gabriel Sorriso e Rafael Santos.

A SIRENE TOCOU UMA VOZ ECOOU
CANTA TOM MAIOR
A LÁGRIMA ESCORRE DE ALEGRIA
TRANSBORDA EMOÇÃO NA AVENIDA
OS OLHOS SE CRUZAM NO AR
NUM DOCE BAILAR… FAZ ARREPIAR
QUERO SIM, QUERO VOCÊ SEMPRE MAIS
NASCE UM GRANDE AMOR QUE NÃO TEM JEITO
NEM COM O TEMPO SE DESFAZ

DEU MEDO? ME ABRAÇA! MISTÉRIOS NO AR
O MAL SE REVELA PRA TE CONGELAR
O CLIMA É TENSO, A TODO MOMENTO
UM GRITO DE SUSTO SE FAZ ECOAR

VAI CORAÇÃO SEM LIMITES QUERO SUPERAR!!
VALE O RISCO, VALE O GRITO, EU APOSTO PRA GANHAR!!
É GOL!! O MUNDO APLAUDE MEU SHOW
E A FORÇA QUE INVADE LEVA O POVO SEMPRE A SONHAR
QUE A ILUSÃO NÃO ACABOU EM CINZAS
A FANTASIA TRAZ A LUZ DE UM NOVO DIA
MAIS UM DESFILE SE ENCERRA E A MAGIA
FAZ A COMUNIDADE ACREDITAR
VERMELHO, AMARELO, MINHA VIDA, MEU PAVILHÃO
GRAÇAS A DEUS O POVO GRITA: “É CAMPEÃO!”

CHAMA OUTRA NOTA 10 QUE EU VOU… ENLOUQUECER
DELIRAR, SACUDIR … DE PRAZER
EM TOM MAIOR A VITÓRIA ME ALUCINA
EXPLODIU ADRENALINA


Enredo:- Adrenalina
A sirene toca.
O portão se abre, o cavaco chora, a bateria pulsa, a batida acelera, o coração dispara, o corpo vibra, o suor escorre, a pressão vai a mil, a voz embarga, os braços levantam, a arquibancada explode, a emoção transborda, uma lágrima cai.
Um sorriso se abre. E a adrenalina sobe!
Os olhos se cruzam.
A pele arrepia, as mãos tremem, os lábios se tocam, o beijo transcende, as pernas bambeiam, o peito palpita, a alma suspira, o corpo quer mais…e mais… e mais…
Um grande amor nasce. E a adrenalina sobe!
A noite assombra.
O medo vagueia, o silêncio apavora, um uivo se ouve, a tensão aumenta, a escuridão sufoca, a morte espreita, o vulto se esconde, o mal se revela, o medo congela, a mente diz não, o instinto diz sim, os dentes rangem, o susto se faz, o grito ecoa…
O coração vai à boca. E a adrenalina sobe!
O limite desafia.
O incerto excita, a jogada é arriscada, a coragem supera, a torcida empurra, o GOL  vai sair, a aposta é alta, a estratégia é ousada, a veia salta, o motor ronca, a altura amedronta, um corpo se lança, o recorde cai, o atleta se consagra, o mundo aplaude.
Um herói se ergue. E a adrenalina sobe!
O desfile acaba.
O portão se fecha, a plateia celebra, a mente se acalma, as alas dispersam, os dias se passam, a comunidade sonha… a expectativa renasce, a tensão aumenta, o momento chega, os envelopes se abrem, o “dez” se anuncia, o povo delira, a ficha cai…
É CAMPEÃO!!!!
(E a adrenalina explode…)
Carnavalesco: Mauro Quintaes
Texto: Gustavo Melo


Tia Ciata - "A Mãe do Samba"

"TIA CIATA", MÃE DO SAMBA...

" O samba é o mais belo documento da vida e da alma do povo brasileiro". (Rosane Volpatto-extraído do Texto SAMBA, SABOR DO BRASIL) Um grande abraço ao nosso patrono PAULINHO DA VIOLA. (Veja mais na página História do Samba)
-------x-------

Pelo Fim da Ordem dos Músicos do Brasil !

Abaixo-Assinado Eletrônico pelo direito ao livre exercício da profissão de músico:

Participe você também, leia matérias neste blog.

Para assinar eletrônicamente:

http://www.carlosgiannazi.com.br/fale_conosco/abaixo-assinado-omb.htm

Paulinho da Viola- Entrevistado pelo programa Memória do Rádio

PAULINHO DA VIOLA - O Nosso Patrono

O Verso "Quando penso no futuro não esqueço meu passado" é creditado por Paulinho da Viola, em "Meu tempo é hoje", como sintese de sua obra, de sua vida. Recolhido de sua "Dança da Solidão"(72). (Pedro Alexandre Sanches - Folh aOn Line - 11/04/2003)

"Eu não costumo brigar com o tempo" afirma Paulinho da Viola (em 09/12/2004 - Folha On line)

"A música de Paulinho da Viola representa um universo particular dentro da cultura brasileira. Experimentá-la é reconhecer que a identidade cultural brasileira não é única, há sempre algo mais." (extraído do site de Paulinho da Viola)

A Obra de Paulinho da Viola já foi tema de livros, trabalhos acadêmicos, gravações e documentário. Em fase de finalizações, se encontra um Documentário realizado pela VideoFilmes com direção de Isabel Jaguaribe e roteiro de Zuenir Ventura. (Confira mais na página - PAULINHO DA VIOLA - Vídeos e muito mais)

-------x-------

AGENDA CULTURAL DA PERIFERIA

A Ação Educativa é uma organização não governamental sem fins lucrativos que desenvolve a apóia projetos voltados para a educação e juventude, por meio de pesquisas, formação, assessoria e produção de informações. Mantém em sua sede o espaço de Cultura e Mobilização Social, aberto ao público, que promove regularmente atividades de formação, intercâmbio e difusão cultural. Vale a pena acessar : http://www.acaoeducativa.org.br/

Confira As Comunidades de SAMBA divulgadas.
-------x-------

Samba do Sino comemora primeiro ano na noite de 15/12/2009 com história do samba

O Movimento Cultural Samba do Sino comemerou 01 ano de vida no último dia 15/12/2009, e presenteia os moradores da cidade com histórias que contam a evolução do samba no Brasil. A proposta nasceu com a idéia de resgatar esse pedaço da cultura popular. (Vanessa Coelho - Guarulhos Web 15/12/2009)