Samba do Sino

A Roda surge da necessidade em manter acesa a chama da Cultura Popular Brasileira, trazendo a tona histórias que são cantadas através de sambas tradicionais de todo o território nacional, da velha guarda aos novos compositores, pois o Samba Presente Não Esquece o Passado, deixando prevalecer o sotaque do samba paulista, do rural ao urbano. O Sino surge devido à dificuldade em encerrar o Samba às 22h, pois é realizado em bairro residencial. Surge a idéia de se utilizar um sino para indicar o final do samba. Ai começaram a dizer: –“Vamos naquele samba, aquele que o cara toca o Sino...” Assim acaba-se adotando o nome Samba do Sino. Houve a aceitação e respeito geral e assim se conveniou tocar o Sino para começar e para terminar o Samba.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

MOSTRA DAS OFICINAS CULTURAIS


O Programa Oficinas Culturais completa em 2011 dez anos. É notório que nesse período a qualidade dos trabalhos apresentados melhorou muito e é com imensa satisfação que convidamos à todos para prestigiar mais uma Mostra das Oficinas Culturais que contará com belíssimos trabalhos de artes visuais, teatro, dança, capoeira, música, circo, contação de histórias, entre outros.

As oficinas culturais acontecem em vários bairros da cidade através dos próprios municipais como as Bibliotecas Monteiro Lobato, Portuguesinha, Mikail e Centro de Incentivo à Leitura Luís de Camões, os CEUS’s Ponte Alta, Vila Paraíso e Bambi, Teatro Padre Bento, Teatro Nelson Rodrigues e Adamastor Centro e Pimentas, além das instituições parceiras Casa de Cultura Água e Vida, Tele Centro Jd. Fortaleza, SOS Família São Geraldo, Associação Núcleo Habitacional São José, Naja Moto Clube, Núcleo Habitacional Pq. Das Seringueiras, Espaço Manoel Inácio, Associação Cultural e Ambiental Chico Mendes, Movimento de Ação e Inclusão Social, Instituto Pró-Família Norte Nordeste e União dos Moradores do Bairro dos Pimentas.

Exposição de artes visuais do Programa Oficinas Culturais 2011

10/Dez a 29/Jan
Centro Municipal de Educação Adamastor
Exposição que contempla diversas técnicas aprendidas durante o ano, desenho, pintura, aquarela, bordado, cerâmica, tear, origami, fotografia, animação e história da arte.

Arte educadores de artes visuais: Katia Suzue Melo, Marcelo Bragança, Maria Luisa, Nazaré Bottana, Marina Pinto, Murilo Araujo, Rosana Antunes, Sergio Augusto de Oliveira.
9h às 22h

16 /12/11 sexta-feira
Centro Municipal de Educação Adamastor

Auto de Natal
Como contar a história mais conhecida da humanidade? Através da ótica de uma criança queremos recontar de forma lúdica sobre o nascimento de Cristo. Repleto de alegorias os alunos da oficina de teatro de rua apresentam esse espetáculo divertido e emocionante.
Arte-educador: Ricardo Molina
19h

Mulheres, parentes de nação de origem africana
Após travessia em navios tumbeiros, desembarca no Novo Continente (Brasil) povos de diferentes etnias, são os parentes de nações africanas, que cultuavam os ancestrais e mulheres sangomas que buscavam a cura através das ervas (plantas). Atos que são embutidos no cotidiano passado e presente representados através da dança.
Arte-educadora: Solange Camargo
19h30

O Rei da Vela, de Oswald de Andrade
O Rei da Vela é a história de um homem poderoso, Abelardo, que na década de 30 dominava o mundo e a todos, porém como tudo acaba ele perdeu o seu reinado e o orgulho acaba levando-o a morte.
Arte-educadora: Eliana Sotero
20h

17 /12/11 sábado
Centro Municipal de Educação Adamastor

Alice no País da Maravilhas
Conta a história de Alice, uma menina que persegue um coelho branco de colete e relógio de bolso até uma toca. Ela cai e chega a um lugar muito esquisito, o País das Maravilhas. Lá ela encontra diversos animais e plantas muito esquisitos, que falam, um chapeleiro doido, um gato que pode desaparecer, animais misturados com objetos, um feriado chamado desaniversário, uma porta falante e cartas de baralho que possuem vida.
Arte-educador: Ricardo Guarel
14h

A Galinha e o Bolo de Milho
A dona galinha resolve fazer um bolo de milho, porém ela convida todos os animais da fazenda a ajudá-la no preparo do bolo. Os animais não querem ajudá-la e ela resolve fazer o bolo com seus pintinhos.
Arte-educadora: Eliana Sotero
15h

Peter Pan
Peter Pan, o garoto que se recusa a crescer, espreita Wendy, a mais velha dos filhos do casal Darling que crê que ele existe. Ela convence seus irmãos, João e Miguel da existência de Peter Pan e com isso eles vão para um passeio inesquecível a Terra do Nunca, uma ilha encantada. Esse passeio é possível devido ao pó mágico da fada Sininho que os fazem voar até lá, a partir daí muitas coisas acontecem.
Arte-educador: Ricardo Guarel
15h30

Do Clássico ao Popular
Apresenta no repertório músicas de todos os tempos que serão executadas por alunos de diversos bairros da cidade.
Arte-educador: Carlos Eduardo Lopes – Leddie, Douglas Cruz e Rafael Monteiro
16h30


Oscar 2011 – No hall do Adamastor
Intervenção cênica criada pelos alunos onde os Filmes Titanic; Tropa de Elite; O Sexto Sentido; E.T. o Extraterrestre; Crepúsculo; Matrix são retratados de uma forma divertida e interligada, tudo regado com muito humor! Arte-educador: Ricardo Guarel
17h30

Conflitos – Cenas Curtas
Cenas de vários dramaturgos, como Plínio Marcos, Nelson Rodrigues, Dias Gomes, etc; onde o cume de cada cena justamente se dá através dos conflitos vividos pela dupla de personagens retratados. Arte-educador: Ricardo Guarel
18h


O Circo Chegou
Serão apresentadas diversas intervenções circenses, como malarares, perna-de-pau, contorcionismo, entre outros.
Arte-educador: Oswaldo Aurich Saldaña
18h30


Aurora da Minha Vida?
Inspirada na obra de Naum Alves de Souza
Cenas inspiradas na obra Aurora da Minha Vida de Naun Alves de Souza que retrata a vida e o cotidiano de alunos de uma escola.
Arte-educadora: Fabiana Barbosa Ribeiro
19h

 Aviso Prévio, texto de Consuelo de Castro
As personagens Ela e Oz se desdobram em diversos personagens arquétipos, em cenas distintas: são patrão e empregada, marido e mulher, mãe e filho, dois internos de um asilo de loucos, psiquiatra e paciente, Jesus e Maria, a morte e sua própria vítima.
Arte-educador: Ricardo Guarel
19h30

Gota D’Água, de Chico Buarque de Holanda
Baseado no texto de Medéia, da antiga Grécia, esse espetáculo narra a história de Joana, uma mulher apaixonada por Jasão. Ambicioso, Jasão larga Joana para viver com Alma a filha do Poderoso.
Arte-educadora: Eliana Sotero
20h30

Baile
Não perca o grande baile das oficinas que contará com várias profissionais que ensinarão os interessados a dançar ao ritmo de salsa, forró, samba rock, gafieira e muito mais ...
Arte-educadores: Kadu Nogueira, Priscilla Fernandes e Reizinho
21h

18 / domingo
Centro Municipal de Educação Adamastor

Capoeira – A arte que encanta
Apresentação de maculelê e também uma sequência de movimentos básicos, além da tradicional roda de capoeira.
Arte-educadores: Mestra Mara e Mestre Dinho Caruaru
14h

Paquita Bailarinas
Esta apresentação de ballet infantil mostrará uma releitura do trecho do ballet Paquita Bailarinas
Arte-educador: Clayton Alves
15h

Soldadinho de Chumbo
Baseada nos contos de Hans Christian Andersen, “Soldadinho de Chumbo” narra a história de uma menina que em sua festa de aniversário ganha de presente uma caixa de soldadinho de chumbo, uma boneca bailarina, um palhaço e um jogo de dominó. Na hora de dormir a menina deixa seus presentes espalhados pelo chão e quando o relógio toca meia-noite todos os presentes tomam vida.
Arte-educadora: Yara Ciconi
15h15

Contação de Histórias
As alunas da oficina de contação de histórias emocionarão e divertirão a todos com histórias da nossa cultura brasileira.
Arte-educadora: Thayame Porto Leandro
16h

Percussão do Brasil
Apresentação de ritmos de percussão do Brasil.
Arte-educador: Ricardo Barreto
16h30

B.Boy/B.Girl – Dança de Rua
B.Boy/B.Girl é o nome dado aos dançarinos de um dos elementos do hip hop, a dança, e traz a tona movimentos corporais surpreendentes que expressam toda vitalidade desse movimento.
Arte-educador: Ubiratan Teodoro da Silva - Danzinho
17h

Brasil com Chita !!!
Este espetáculo mostrará as principais danças brasileiras nordestinas, tais como as lavadeiras do Sertão passando pela festa de São João, Maracatu, Frevo, Cirandas e as Brincadeiras antigas, além do incrível Jongo de Guaratinguetá. Nessas manifestações a chita apresenta-se como um elemento de cor indispensável em todo País.
Arte-educador: Clayton Alves
18h

Clown
Apresentações de esquetes desenvolvidas durante as aulas com improvisações e interações com o público levando a platéia a um ambiente divertido onde todos voltam a ser criança.
Arte-educador de teatro-clown: Ricardo Molina. Arte-educadora de música: Marília D’Zita
19h

Sete Contra Tebas
Após a descoberta do incesto em Édipo Rei, após o a morte do rei tebano em Édipo em Colono, é que situa-se os acontecimentos de Sete contra Tebas . Polinice o filho mais velho de Édipo (e, portanto, o legítimo sucessor ao trono) fora afastado do trono pelo irmão mais novo Etéocles.
Polinice reúne sete generais para atacar as sete portas de Tebas e reaver o que de direito é seu, enquanto Etéocles prepara a defesa da cidade. Ambos terminam por fenecer(morrer) na guerra, conforme seu pai Édipo havia excomungado. Arte-educadora: Rosangela Gomes de Melo
20h

Tia Ciata - "A Mãe do Samba"

"TIA CIATA", MÃE DO SAMBA...

" O samba é o mais belo documento da vida e da alma do povo brasileiro". (Rosane Volpatto-extraído do Texto SAMBA, SABOR DO BRASIL) Um grande abraço ao nosso patrono PAULINHO DA VIOLA. (Veja mais na página História do Samba)
-------x-------

Pelo Fim da Ordem dos Músicos do Brasil !

Abaixo-Assinado Eletrônico pelo direito ao livre exercício da profissão de músico:

Participe você também, leia matérias neste blog.

Para assinar eletrônicamente:

http://www.carlosgiannazi.com.br/fale_conosco/abaixo-assinado-omb.htm

Paulinho da Viola- Entrevistado pelo programa Memória do Rádio

PAULINHO DA VIOLA - O Nosso Patrono

O Verso "Quando penso no futuro não esqueço meu passado" é creditado por Paulinho da Viola, em "Meu tempo é hoje", como sintese de sua obra, de sua vida. Recolhido de sua "Dança da Solidão"(72). (Pedro Alexandre Sanches - Folh aOn Line - 11/04/2003)

"Eu não costumo brigar com o tempo" afirma Paulinho da Viola (em 09/12/2004 - Folha On line)

"A música de Paulinho da Viola representa um universo particular dentro da cultura brasileira. Experimentá-la é reconhecer que a identidade cultural brasileira não é única, há sempre algo mais." (extraído do site de Paulinho da Viola)

A Obra de Paulinho da Viola já foi tema de livros, trabalhos acadêmicos, gravações e documentário. Em fase de finalizações, se encontra um Documentário realizado pela VideoFilmes com direção de Isabel Jaguaribe e roteiro de Zuenir Ventura. (Confira mais na página - PAULINHO DA VIOLA - Vídeos e muito mais)

-------x-------

AGENDA CULTURAL DA PERIFERIA

A Ação Educativa é uma organização não governamental sem fins lucrativos que desenvolve a apóia projetos voltados para a educação e juventude, por meio de pesquisas, formação, assessoria e produção de informações. Mantém em sua sede o espaço de Cultura e Mobilização Social, aberto ao público, que promove regularmente atividades de formação, intercâmbio e difusão cultural. Vale a pena acessar : http://www.acaoeducativa.org.br/

Confira As Comunidades de SAMBA divulgadas.
-------x-------

Samba do Sino comemora primeiro ano na noite de 15/12/2009 com história do samba

O Movimento Cultural Samba do Sino comemerou 01 ano de vida no último dia 15/12/2009, e presenteia os moradores da cidade com histórias que contam a evolução do samba no Brasil. A proposta nasceu com a idéia de resgatar esse pedaço da cultura popular. (Vanessa Coelho - Guarulhos Web 15/12/2009)