Samba do Sino

A Roda surge da necessidade em manter acesa a chama da Cultura Popular Brasileira, trazendo a tona histórias que são cantadas através de sambas tradicionais de todo o território nacional, da velha guarda aos novos compositores, pois o Samba Presente Não Esquece o Passado, deixando prevalecer o sotaque do samba paulista, do rural ao urbano. O Sino surge devido à dificuldade em encerrar o Samba às 22h, pois é realizado em bairro residencial. Surge a idéia de se utilizar um sino para indicar o final do samba. Ai começaram a dizer: –“Vamos naquele samba, aquele que o cara toca o Sino...” Assim acaba-se adotando o nome Samba do Sino. Houve a aceitação e respeito geral e assim se conveniou tocar o Sino para começar e para terminar o Samba.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Carnaval de São Paulo 2013 Unidos de Vila Maria


Unidos de Vila Maria
Segunda noite: dia 9 de fevereiro de 2013 (sábado)
Local: Sambódromo – Grupo Especial ANHEMBI
Horário:- 02h50
* Os horários são previsões da Liga das Escolas de Samba de SP e podem sofrer alterações dependendo da duração de cada desfile

5 - Unidos de Vila Maria
Samba-Enredo: “Made in Korea”

50 ANOS DE IMIGRAÇÃO CORÉIA – BRASIL

Justificativa:
 A imigração Coreana no Brasil completará 50 anos em 2013¬  -  ainda jovem comparada a imigração de outros.

Para celebrar esta data, vem em boa hora a corajosa Coréia no Carnaval da Vila Maria mostrando tradição, modernidade, criatividade e curiosidades deste país e de seus filhos coreanos de lá e aqui no brasil.

Ricamente ilustrada com fantasias, alegorias e evolução dinâmica, o carnaval é uma excelente fonte para um primeiro contato com esta cultura milenar que conta a historia de um povo que é sinônimo de “recomeçar”.

Este carnaval ajudará muitos brasileiros, inclusive os descendentes de coreanos a conhecer um pouco do seu legado que começa a enraizar-se neste país jovem.

Eles trazem da pátria mãe conhecimentos diferenciados, força de trabalho, ajudando a edificar um futuro que todos sonham para o desenvolvimento destas comunidades em que estão inseridos, desta pátria que escolheram viver.

Chegaram, focaram e mostraram a vontade de vencer... determinação e concentração na busca do resultado...

A vitória!  competitividade...Lutas... fazendo sempre o seu melhor! Recusam-se a perder a luta. Vão até o fim. Mostram traços de vencedores; Onde existia fim, eles vivem um começo, vivem o inicio de uma historia sem fim.

Não se acomodam com dificuldades, em meio destas foi plantado um ”segredo” que  o tempo não conseguiu apagar.   Muitas gerações se passaram e eles florescem e trazem consigo a revelação que está mudando a vida de todos, pois acreditam de novo e no novo.

 Através da globalização eles conseguiram se despir para o mundo mostrando seus valores guardados há milênios, renovam profissões, tecnologia arrojada... diferentes, fabricam carros, navios, dominam a técnica dos computadores se conectando com o mundo, vão longe nos seus sonhos e desafios, eles não se importam onde pararam, em quem momento caíram, o que importa é que sempre é possível “recomeçar” e mostrar a “revanche do tigre”.
                                                                                                   CHICO SPINOSA
1º SETOR: DAEHAN MINGUK - A CHEGADA DA NOVA COREIA – ELEMENTO FOGO

É um País que tem uma historia marcada por guerra, resistência, onde o moderno e o tradicional se somam, sem jamais se anular.

Eles trazem para nosso jovem país a historia, escrita, os costumes, tradições, religião, cultura, hegemonia da raça de um povo jovem com o sangue milenar do urso.
Uma tradição de quase 5000 anos povoada de dragões que trouxe para a sua juventude a força e coragem dessa sofrida Coréia, que estão conectados com um tempo novo, um tempo de modernidade.

Uma cultura milenar transformada em sabedoria contemporânea, traçando o destino de uma nação.

Dragões
Sangue de Urso
Modernidade
Escrita

2 SETOR: DAEBAK- O PODER DO TIGRE ASIÁTICO, “A REVANCHE” - ELEMENTO CÉU

Os tigres asiáticos têm em comum uma característica: o rápido crescimento econômico e desenvolvimento industrial, tecnológico, entre as décadas de 70 e 90.

Receberam este nome pelos grandes índices que conseguiram, atuando com uma força agressiva e rápida na economia.

Hoje este Tigre mostra uma vitória histórica para um país que passou por décadas como colônia e progrediu velozmente com um modelo de capitalismo exportador procurando sempre qualidade e uma vida melhor para seu povo.

O imenso progresso social e econômico chamou a atenção do mundo a partir dos anos 80, tornando assim o mais vistoso dos tigres asiáticos.

A Coréia do Sul valorizando a cultura, incrivelmente cativante e extremamente agressiva, se tornou o mais arrojado dos tigres, funcionando como um supersônico. O tigre coreano rugiu para o mundo, foi sua grande revanche rumo ao futuro.

Tigre
Supersônico
Conectado

3 SETOR:  HALLYU – 5000 MIL ANOS DE CULTURA – ELEMENTO ÁGUA
A Coréia expressa todas as crenças religiosas, encontramos cristãos, xamanicos, budistas e confucionistas... estas religiões estão ligadas a história da Coréia onde é notória a sua influência nas diversas formas artísticas, com inúmeras estátuas de Buda, dragões, fênix, cerâmicas, chás, flores, máscaras, danças, teatro e música. Também percebemos no desenho da bandeira Taegeukgi, simbolizando forças cósmicas com o yin e o yan, da filosofia oriental.   

Apesar de séculos de historia recheadas de guerras, invasões, períodos conturbados, eles conseguem resgatar a sua identidade.

Em um mundo globalizado em que os Países e povos crescem interdependentes, a Coréia se destaca pela transformação rápida ocorrida nas décadas 80 e 90 que denominamos “O milagre do Rio Han’”; Este milagre tomou o mundo e não dá sinais de abrandamento, ou melhor, a cada dia se faz mais importante e permite que a Coréia do Sul apresente atualmente uma grande evolução nos índices educacionais e sociais.
Estes fatores, aliados a sua excelente qualidade de vida, faz da Coréia um dos Países mais atrativos da Ásia, em especial para os jovens que buscam uma primeira experiência profissional, cultural em um país tecnológico.  O choque da cultura que a maioria dos imigrantes enfrenta é compensado pela vivencia neste moderno país.

Lanternas
Budismo
Hibisco
O Milagre do Rio Han
Educação

4 SETOR :  HANSIK - A GASTRONOMIA APIMENTANDO NOSSO PALADAR – ELEMENTO TERRA
No folclore e na mitologia encontramos criaturas legendárias com propriedades culturais específicas diferenciadas dos outros dragões. o dragão coreano é mencionado como sensível capaz de compreender emoções complexas, devoção, bondade e gratidão, eles são na mitologia seres benevolentes protetores da água e da agricultura, causadores das chuvas e das nuvens, que vivem nos lagos, rios, oceanos no mar do Leste.

Quando os coreanos aqui chegaram e iniciaram na agricultura, com a plantação de arroz não tiveram êxito, mas recomeçaram... plantaram... tomaram outros caminhos e nos apresentam hoje esta gastronomia invejável, saudável e saborosa.    ‘’a estrela da culinária coreana a kimchi (acelga) não é apenas uma salada, há uma historia milenar por trás do prato que revela a sabedoria dos antepassados” um pouco de kimchi por dia, a visita ao medico adia”, se compara com as vedetes da música, o grupo Nanta, apresenta um espetáculo que relata a preparação da comida de um casamento onde a comunicação, a percussão, a sonoplastia é feito com instrumentos de cozinha. Temos bulgogi –carne de fogo, é o churrasco coreano,popular até entre nós brasileiros, mas é importante que o tempero seja bem feito, para atingir o sabor perfeito.   

As variedades de vegetais e legumes como o rabanete, nabo ,gergelim, gengibre,abóbora e muitos outros não podem faltar na mesa junto com o arroz branco Comer bulgogi é um ritual.

Os brasileiros estão descobrindo a culinária coreana que saciam os olhos, seus alimentos são regados de pimenta, de sabor e apresentações diferentes e completamente exóticos e saudáveis.                  

Pimenta
Acelga
Chá
                                                                                                                                                                                                                     
5 ºSETOR:  HAN STYLE - TAE KWON DO, O ESPORTE NA PASSARELA – ELEMENTO METAL E MADEIRA

Taekwondo é uma arte marcial genuinamente coreana. É uma autodefesa que usa a mãos e os pés com o objetivo de desenvolver o caráter, a personalidade do praticante através da disciplina física, mental e espiritual. esta arte se tornou um esporte mundial depois de seu “batismo de fogo”, denominação de honra quando passa a ser disputado nos jogos olímpicos.

No esporte tiro com arco a Coréia é a grande potencia mundial sendo que nos jogos olímpicos conquistaram o maior números de medalhas, mas praticam e disputam o golfe, judô, levantamento de peso, handbool, esgrima, tênis de mesa e muitos outros.
O esporte une as pessoas e não é diferente na Coréia nem em colônias coreanas no brasil. o golfe é sem duvida o esporte favorito dos homens na comunidade coreana no Brasil, eles usam os campos de golfe como esporte, lazer e como encontro para fechar grandes negócios.

No futebol estão tentando uma aproximação com a bola, com a qual podem não ter muita intimidade, mas deram um espetáculo de tecnologia e de organização quando sediaram a copa do mundo de futebol, onde o Brasil foi campeão.

Diferentes da primeira geração Brasil/Gyopo incluíram o esporte em sua rotina procurando cuidar mais da saúde e ter melhor qualidade de vida.

Os coreanos sempre trilharam um longo caminho até o acerto, na moda não negam que sua inspiração vem dos grandes polos como Paris, New York e outros, essa moda que movimenta nossa economia e consolida a Coreia deixa no Brasil sua influencia, este grande império que construíram deve ser alimentado por seus filhos que hoje estudam moda e que cada vez mais saberão tropicalizar as tendências a fim de atender o corpo e o gosto do mundo.

Artes Marcial
Moda
Futebol
Amizade Brasil/Coreia

Vocabulário:

Man Sé: Bravo                                                                                   Pronuncia: MAN SÉ
Brasil Guyopo:  Imigrante                                                                    Pronuncia: Kiopô
Daehan Minguk : Coréia                                                                 Pronuncia: Derámingu

Daebak: Grande vitória ou sucesso                                                           
Hallyu: Onda Cultural – expansão da cultura coreana pelo Mundo    
Hansik: Comida Coreana                                                                           
Han Style: Estilo HAN Coreano  

Letra do Samba
Compositores: Jorge Zanin, Leandro Coringa, Rafael Babú, Fabinho Sampa e Renato Mooca

Quando meu pavilhão girar
Meu povo vai cantar feliz
"Made in Korea", emoção que contagia
Com muito orgulho, SOU VILA MARIA!!!

Recomeçar, lutar sem desistir
Tá no sangue feroz dessa gente
Trilhar um caminho, buscando a vitória
Um laço de união, modernidade e tradição
Chegou ao meu país, com a força de um dragão
Brilhou tão bela cultura,
Costumes que encantam e fascinam o olhar
O Tigre rugiu para o mundo,
Tecnologia moldando o futuro

Pode aplaudir, celebrar,
Sambando no pé
Cinqüenta anos de amizade
Comunidade guerreira, "MAN SÉ"!

Milagre nas águas de um rio, espelho da evolução
A fé esculpida na arte
Revela os traços da diversidade
Na culinária a perfeição, tempero pro meu paladar
No esporte a pureza da alma, sabedoria milenar
Coréia, ditando moda neste carnaval
Minha Vila vai te exaltar
E a batucada vai emocionar

Assista vídeo:-

Tia Ciata - "A Mãe do Samba"

"TIA CIATA", MÃE DO SAMBA...

" O samba é o mais belo documento da vida e da alma do povo brasileiro". (Rosane Volpatto-extraído do Texto SAMBA, SABOR DO BRASIL) Um grande abraço ao nosso patrono PAULINHO DA VIOLA. (Veja mais na página História do Samba)
-------x-------

Pelo Fim da Ordem dos Músicos do Brasil !

Abaixo-Assinado Eletrônico pelo direito ao livre exercício da profissão de músico:

Participe você também, leia matérias neste blog.

Para assinar eletrônicamente:

http://www.carlosgiannazi.com.br/fale_conosco/abaixo-assinado-omb.htm

Paulinho da Viola- Entrevistado pelo programa Memória do Rádio

PAULINHO DA VIOLA - O Nosso Patrono

O Verso "Quando penso no futuro não esqueço meu passado" é creditado por Paulinho da Viola, em "Meu tempo é hoje", como sintese de sua obra, de sua vida. Recolhido de sua "Dança da Solidão"(72). (Pedro Alexandre Sanches - Folh aOn Line - 11/04/2003)

"Eu não costumo brigar com o tempo" afirma Paulinho da Viola (em 09/12/2004 - Folha On line)

"A música de Paulinho da Viola representa um universo particular dentro da cultura brasileira. Experimentá-la é reconhecer que a identidade cultural brasileira não é única, há sempre algo mais." (extraído do site de Paulinho da Viola)

A Obra de Paulinho da Viola já foi tema de livros, trabalhos acadêmicos, gravações e documentário. Em fase de finalizações, se encontra um Documentário realizado pela VideoFilmes com direção de Isabel Jaguaribe e roteiro de Zuenir Ventura. (Confira mais na página - PAULINHO DA VIOLA - Vídeos e muito mais)

-------x-------

AGENDA CULTURAL DA PERIFERIA

A Ação Educativa é uma organização não governamental sem fins lucrativos que desenvolve a apóia projetos voltados para a educação e juventude, por meio de pesquisas, formação, assessoria e produção de informações. Mantém em sua sede o espaço de Cultura e Mobilização Social, aberto ao público, que promove regularmente atividades de formação, intercâmbio e difusão cultural. Vale a pena acessar : http://www.acaoeducativa.org.br/

Confira As Comunidades de SAMBA divulgadas.
-------x-------

Samba do Sino comemora primeiro ano na noite de 15/12/2009 com história do samba

O Movimento Cultural Samba do Sino comemerou 01 ano de vida no último dia 15/12/2009, e presenteia os moradores da cidade com histórias que contam a evolução do samba no Brasil. A proposta nasceu com a idéia de resgatar esse pedaço da cultura popular. (Vanessa Coelho - Guarulhos Web 15/12/2009)