Samba do Sino

A Roda surge da necessidade em manter acesa a chama da Cultura Popular Brasileira, trazendo a tona histórias que são cantadas através de sambas tradicionais de todo o território nacional, da velha guarda aos novos compositores, pois o Samba Presente Não Esquece o Passado, deixando prevalecer o sotaque do samba paulista, do rural ao urbano. O Sino surge devido à dificuldade em encerrar o Samba às 22h, pois é realizado em bairro residencial. Surge a idéia de se utilizar um sino para indicar o final do samba. Ai começaram a dizer: –“Vamos naquele samba, aquele que o cara toca o Sino...” Assim acaba-se adotando o nome Samba do Sino. Houve a aceitação e respeito geral e assim se conveniou tocar o Sino para começar e para terminar o Samba.

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Neste Domingo... Chorando na Garoa... Conjunto Retratos

No próximo domingo 04/08 o Centro Cultural do Jabaquara apresenta às 11h00 mais uma edição do projeto Choro na Manhã. Nesta edição de número 82, faremos uma homenagem aos grandes nomes do choro como Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Altamiro Carrilho, Otaviano Romero (Fon Fon), Jacob do Bandolim, Garoto, Waldir Azevedo, Rossini Ferreira e Zequinha de Abreu.

A apresentação será com o Conjunto Retratos, formado por Alex Mendes (bandolim), Cesar Ricardo (violão de 7 cordas), Fernando Henrique (cavaquinho), Paulo Gilberto (flauta) e Donisete Fernandes (pandeiro). Contaremos também com a participação da Camila Silva ao Cavaquinho.

O Choro, gênero que surgiu no Rio de Janeiro na segunda metade do século XIX, pode ser considerado como a primeira música urbana tipicamente brasileira. Rapidamente se espalhou por todos os estados e, mais de um século depois de seu surgimento, nunca se viu tantos músicos e grupos de jovens se dedicando ao gênero como atualmente.

Vários Clubes de Choro podem ser freqüentados em todo o Brasil e também no exterior, além de encontros e festivais que são realizados anualmente. Além disto, neste ano de 2013, o professor José de Almeida Amaral Júnior lançou o livro “Chorando na Garoa – Memórias Musicais de São Paulo”. O trabalho literário é histórico, pois explora o universo dos grandes nomes da nossa música instrumental e é o único que apresenta uma ampla pesquisa sobre o desenvolvimento do choro no Estado de São Paulo, com dados históricos e entrevistas de grandes chorões.

O Choro é um gênero musical brasileiro marcado pelo virtuosismo e improvisação dos músicos.

Antes da apresentação, será oferecido um café da manhã gratuitamente ao público presente.
O que:- Conjunto Retratos
Quando:- Domingo 04 de Agosto de 2013
Horário:- 11h
Onde:- Auditório do Centro Cultural Jabaquara
End:- Rua Arsênio Tavolieri n.º 45 | Jabaquara | São Paulo/SP
Entrada Gratuita
 (Próximo a Estação Jabaquara do Metrô)
Informações: (11) 5011-2421 ou www.facebook.com/conjuntoretratoschoro
Quantidade de lugares: 250
Contamos com a sua presença...
Alex Mendes
(11) 9-8653-9603

Tia Ciata - "A Mãe do Samba"

"TIA CIATA", MÃE DO SAMBA...

" O samba é o mais belo documento da vida e da alma do povo brasileiro". (Rosane Volpatto-extraído do Texto SAMBA, SABOR DO BRASIL) Um grande abraço ao nosso patrono PAULINHO DA VIOLA. (Veja mais na página História do Samba)
-------x-------

Pelo Fim da Ordem dos Músicos do Brasil !

Abaixo-Assinado Eletrônico pelo direito ao livre exercício da profissão de músico:

Participe você também, leia matérias neste blog.

Para assinar eletrônicamente:

http://www.carlosgiannazi.com.br/fale_conosco/abaixo-assinado-omb.htm

Paulinho da Viola- Entrevistado pelo programa Memória do Rádio

PAULINHO DA VIOLA - O Nosso Patrono

O Verso "Quando penso no futuro não esqueço meu passado" é creditado por Paulinho da Viola, em "Meu tempo é hoje", como sintese de sua obra, de sua vida. Recolhido de sua "Dança da Solidão"(72). (Pedro Alexandre Sanches - Folh aOn Line - 11/04/2003)

"Eu não costumo brigar com o tempo" afirma Paulinho da Viola (em 09/12/2004 - Folha On line)

"A música de Paulinho da Viola representa um universo particular dentro da cultura brasileira. Experimentá-la é reconhecer que a identidade cultural brasileira não é única, há sempre algo mais." (extraído do site de Paulinho da Viola)

A Obra de Paulinho da Viola já foi tema de livros, trabalhos acadêmicos, gravações e documentário. Em fase de finalizações, se encontra um Documentário realizado pela VideoFilmes com direção de Isabel Jaguaribe e roteiro de Zuenir Ventura. (Confira mais na página - PAULINHO DA VIOLA - Vídeos e muito mais)

-------x-------

AGENDA CULTURAL DA PERIFERIA

A Ação Educativa é uma organização não governamental sem fins lucrativos que desenvolve a apóia projetos voltados para a educação e juventude, por meio de pesquisas, formação, assessoria e produção de informações. Mantém em sua sede o espaço de Cultura e Mobilização Social, aberto ao público, que promove regularmente atividades de formação, intercâmbio e difusão cultural. Vale a pena acessar : http://www.acaoeducativa.org.br/

Confira As Comunidades de SAMBA divulgadas.
-------x-------

Samba do Sino comemora primeiro ano na noite de 15/12/2009 com história do samba

O Movimento Cultural Samba do Sino comemerou 01 ano de vida no último dia 15/12/2009, e presenteia os moradores da cidade com histórias que contam a evolução do samba no Brasil. A proposta nasceu com a idéia de resgatar esse pedaço da cultura popular. (Vanessa Coelho - Guarulhos Web 15/12/2009)