Samba do Sino

A Roda surge da necessidade em manter acesa a chama da Cultura Popular Brasileira, trazendo a tona histórias que são cantadas através de sambas tradicionais de todo o território nacional, da velha guarda aos novos compositores, pois o Samba Presente Não Esquece o Passado, deixando prevalecer o sotaque do samba paulista, do rural ao urbano. O Sino surge devido à dificuldade em encerrar o Samba às 22h, pois é realizado em bairro residencial. Surge a idéia de se utilizar um sino para indicar o final do samba. Ai começaram a dizer: –“Vamos naquele samba, aquele que o cara toca o Sino...” Assim acaba-se adotando o nome Samba do Sino. Houve a aceitação e respeito geral e assim se conveniou tocar o Sino para começar e para terminar o Samba.

terça-feira, 24 de abril de 2012

À CPI, compositor diz que Ecad não representa os autores de música


Carlos Leoni acusa Ecad de se negar a pagar dívida de R$ 80 mil relativos a direitos autorais

Por: Raoni Scandiuzzi, Rede Brasil Atual
Publicado em 16/08/2011, 17:55
Última atualização em 17/08/2011, 10:34
    

CPI do Ecad cobra uma fiscalização pública das atividades do Ecad (Foto:

São Paulo – Em mais uma reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar as atividades do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição de Direitos Autorais (Ecad), o cantor e compositor Carlos Leoni Siqueira Junior fez duras críticas ao órgão. Leoni, dos grupos Kid Abelha e Heróis da Resistência, que fizeram sucesso a partir dos anos 1980, afirmou que não se sente representado pelo Ecad, responsável por pagar aos autores das composições até 37,5% do total arrecadado.

Leoni ainda afirmou que o órgão lhe deve R$ 80 mil, relativos a direitos autorais arrecadados com suas músicas por uma extinta associação, a Atida, ligada àquele escritório. Segundo o compositor, em casos de irregularidades no Ecad, o detentor de direito autoral não tem a quem recorrer. "Quando fui cobrar a minha dívida, eles 'lavaram as mãos' e disseram para eu procurar o presidente da Atida, que nem existia mais", disparou.

Outro músico e compositor que participou do ato, Frank Aguiar, que também é vice-prefeito de São Bernardo do Campo (SP), na região metropolitana da capital, afirmou que "os compositores estão órfãos do Ecad". Ele lembrou que, em certo momento, quando realizava investigações das atividades da instituição, foi ameaçado por uma diretora do local de não receber os repasses dos direitos autorais que lhe pertenceriam.

Mesmo sendo a favor de uma investigação a respeito dos trabalhos do Ecad, Aguiar pede cautela nas investidas da CPI, e confessa ter medo de ver acabar a "única arrecadação que existe para os autores". Desse modo, o compositor não se colocou contra o escritório, preferindo pedir mais transparência e fiscalização de suas atividades.

Na reunião, presidida pelo autor do requerimento de abertura da CPI, senador Randolfe Rodrigues (Psol-AP), o trabalho das entidades que compõe o Ecad também foi questionado. O também senador Lindbergh Farias (PT-RJ) voltou a criticar a falta de fiscalização pública das atividades do escritório. “O Brasil é o único país do mundo que tem um monopólio privado sem nenhum grau de fiscalização”, cobrou.

O Ecad foi procurado pela Rede Brasil Atual e não respodeu a todos os pontos específicos levantados pela matéria. Em nota de esclarecimento, o Escritório afirmou que 75,5% dos valores arrecadados são repassados aos titulares de direitos autorais e prestou esclarecimentos sobre a entidade Atida no seguinte endereço: http://respostadoecad.ecad.org.br/pergunta_resposta_pagamentos_a_associacao_extinta.aspx

Tia Ciata - "A Mãe do Samba"

"TIA CIATA", MÃE DO SAMBA...

" O samba é o mais belo documento da vida e da alma do povo brasileiro". (Rosane Volpatto-extraído do Texto SAMBA, SABOR DO BRASIL) Um grande abraço ao nosso patrono PAULINHO DA VIOLA. (Veja mais na página História do Samba)
-------x-------

Pelo Fim da Ordem dos Músicos do Brasil !

Abaixo-Assinado Eletrônico pelo direito ao livre exercício da profissão de músico:

Participe você também, leia matérias neste blog.

Para assinar eletrônicamente:

http://www.carlosgiannazi.com.br/fale_conosco/abaixo-assinado-omb.htm

Paulinho da Viola- Entrevistado pelo programa Memória do Rádio

PAULINHO DA VIOLA - O Nosso Patrono

O Verso "Quando penso no futuro não esqueço meu passado" é creditado por Paulinho da Viola, em "Meu tempo é hoje", como sintese de sua obra, de sua vida. Recolhido de sua "Dança da Solidão"(72). (Pedro Alexandre Sanches - Folh aOn Line - 11/04/2003)

"Eu não costumo brigar com o tempo" afirma Paulinho da Viola (em 09/12/2004 - Folha On line)

"A música de Paulinho da Viola representa um universo particular dentro da cultura brasileira. Experimentá-la é reconhecer que a identidade cultural brasileira não é única, há sempre algo mais." (extraído do site de Paulinho da Viola)

A Obra de Paulinho da Viola já foi tema de livros, trabalhos acadêmicos, gravações e documentário. Em fase de finalizações, se encontra um Documentário realizado pela VideoFilmes com direção de Isabel Jaguaribe e roteiro de Zuenir Ventura. (Confira mais na página - PAULINHO DA VIOLA - Vídeos e muito mais)

-------x-------

AGENDA CULTURAL DA PERIFERIA

A Ação Educativa é uma organização não governamental sem fins lucrativos que desenvolve a apóia projetos voltados para a educação e juventude, por meio de pesquisas, formação, assessoria e produção de informações. Mantém em sua sede o espaço de Cultura e Mobilização Social, aberto ao público, que promove regularmente atividades de formação, intercâmbio e difusão cultural. Vale a pena acessar : http://www.acaoeducativa.org.br/

Confira As Comunidades de SAMBA divulgadas.
-------x-------

Samba do Sino comemora primeiro ano na noite de 15/12/2009 com história do samba

O Movimento Cultural Samba do Sino comemerou 01 ano de vida no último dia 15/12/2009, e presenteia os moradores da cidade com histórias que contam a evolução do samba no Brasil. A proposta nasceu com a idéia de resgatar esse pedaço da cultura popular. (Vanessa Coelho - Guarulhos Web 15/12/2009)