Samba do Sino

A Roda surge da necessidade em manter acesa a chama da Cultura Popular Brasileira, trazendo a tona histórias que são cantadas através de sambas tradicionais de todo o território nacional, da velha guarda aos novos compositores, pois o Samba Presente Não Esquece o Passado, deixando prevalecer o sotaque do samba paulista, do rural ao urbano. O Sino surge devido à dificuldade em encerrar o Samba às 22h, pois é realizado em bairro residencial. Surge a idéia de se utilizar um sino para indicar o final do samba. Ai começaram a dizer: –“Vamos naquele samba, aquele que o cara toca o Sino...” Assim acaba-se adotando o nome Samba do Sino. Houve a aceitação e respeito geral e assim se conveniou tocar o Sino para começar e para terminar o Samba.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Brão Lopes


Sambista e Compositor.

Abraão Lopes de Oliveira mais conhecido pelos amigos como - Brão Lopes Nascido no dia 09 de março de 1980 no bairro da Mooca zona leste de São Paulo!

Pela influência de seus familiares (tios) cresceu ouvindo samba mais precisamente Partido Alto , frequentou muitas rodas de samba onde lhe ensinaram os procedimentos de um bom malandro, tais como: humildade, saber chegar e sair, disciplina, respeito, etc. .

Em meados de 2001 no bairro do Jd. Marília- Zona Leste de Sampa frequentou um botequim, o bar do Luiz Neguinho, quando todos já estávamos no auge da cerveja cada um pegava um instrumento e o coro comia , o samba não tinha hora para acabar.

Em 2002 ajudou a fundar o Pagode do Cafofo. Aprendeu muitas coisas nesse reduto, após anos de batalhas e alegrias no Cafofo teve o prazer de ser convidado para fazer parte da Comunidade Canto pra Velha Guarda, a partir dai o leque foi se abrindo. Foi convidado a fazer parte do Projeto Cultural em prol do Samba, Projeto Cultural Terreirão da Mancha, Projeto Abrigo de Vagabundo, Terreiro de Compositores, Roda de Samba Tomando Partido. Foi eleito Diretor de Produção de Eventos da ASCSP -  Associação dos Sambistas e Comunidades de São Paulo .

Suas influencias no samba são: Bezerra da Silva, Aniceto do Império, Xangô da Mangueira , Candeia, Paulinho da Viola, Adoniram Barboza, Mestre Fuleiro, Geraldo Filme, Toniquinho Batuqueiro, Talismã, João Nogueira, Nei Lopes, Cartola, Dona Ivone Lara, etc. .

Como compositor teve o imenso prazer de ter várias parcerias, entre elas: Hélio Rubi, T. Kaçula, Marquinhos Jaca , Dedé da Tenda , Cézar Procópio, Magrão, Cafu da Toca, Lão Gomes, Anderson Alves, Dodo, Ronni, Cidão da Toca, Emerson  Urso, Jr. Sorriso, China, Leandro Cafofo, Bruno Leite, Valter Silva, Peterson Lima, Luiz Ramos, Marquinhos Dikuã, Rica Olaria, seu Valdir 59 (velha guarda da Portela) entre outros sambistas malandros parceiros  que ainda terá o prazer de compor.

 “SALVE O VERDADEIRO SAMBA“

CONTATOS : TIM – 6836 7932 / VIVO - 7290 3420 / OI – 6559 9190 



veja vídeo



Tia Ciata - "A Mãe do Samba"

"TIA CIATA", MÃE DO SAMBA...

" O samba é o mais belo documento da vida e da alma do povo brasileiro". (Rosane Volpatto-extraído do Texto SAMBA, SABOR DO BRASIL) Um grande abraço ao nosso patrono PAULINHO DA VIOLA. (Veja mais na página História do Samba)
-------x-------

Pelo Fim da Ordem dos Músicos do Brasil !

Abaixo-Assinado Eletrônico pelo direito ao livre exercício da profissão de músico:

Participe você também, leia matérias neste blog.

Para assinar eletrônicamente:

http://www.carlosgiannazi.com.br/fale_conosco/abaixo-assinado-omb.htm

Paulinho da Viola- Entrevistado pelo programa Memória do Rádio

PAULINHO DA VIOLA - O Nosso Patrono

O Verso "Quando penso no futuro não esqueço meu passado" é creditado por Paulinho da Viola, em "Meu tempo é hoje", como sintese de sua obra, de sua vida. Recolhido de sua "Dança da Solidão"(72). (Pedro Alexandre Sanches - Folh aOn Line - 11/04/2003)

"Eu não costumo brigar com o tempo" afirma Paulinho da Viola (em 09/12/2004 - Folha On line)

"A música de Paulinho da Viola representa um universo particular dentro da cultura brasileira. Experimentá-la é reconhecer que a identidade cultural brasileira não é única, há sempre algo mais." (extraído do site de Paulinho da Viola)

A Obra de Paulinho da Viola já foi tema de livros, trabalhos acadêmicos, gravações e documentário. Em fase de finalizações, se encontra um Documentário realizado pela VideoFilmes com direção de Isabel Jaguaribe e roteiro de Zuenir Ventura. (Confira mais na página - PAULINHO DA VIOLA - Vídeos e muito mais)

-------x-------

AGENDA CULTURAL DA PERIFERIA

A Ação Educativa é uma organização não governamental sem fins lucrativos que desenvolve a apóia projetos voltados para a educação e juventude, por meio de pesquisas, formação, assessoria e produção de informações. Mantém em sua sede o espaço de Cultura e Mobilização Social, aberto ao público, que promove regularmente atividades de formação, intercâmbio e difusão cultural. Vale a pena acessar : http://www.acaoeducativa.org.br/

Confira As Comunidades de SAMBA divulgadas.
-------x-------

Samba do Sino comemora primeiro ano na noite de 15/12/2009 com história do samba

O Movimento Cultural Samba do Sino comemerou 01 ano de vida no último dia 15/12/2009, e presenteia os moradores da cidade com histórias que contam a evolução do samba no Brasil. A proposta nasceu com a idéia de resgatar esse pedaço da cultura popular. (Vanessa Coelho - Guarulhos Web 15/12/2009)